Weby shortcut 1a5a9004da81162f034eff2fc7a06c396dfddb022021fd13958735cc25a4882f
Youtubeplay db0358e6953f0d0ec2cd240bca6403729d73b33e9afefb17dfb2ce9b7646370a

Objetivos

Mise à Jour 19/11/14 09:22.


Diretrizes das Ações Sociais

Fortalecer ações de assistência voltadas para a comunidade universitária, enquanto instrumento de equidade e condições de acesso, permanência e de trabalho na instituição.
Participar das discussões e elaboração das políticas públicas de saúde.
Criar Sistema de Avaliação das condições efetivas de trabalho na UFG.
Desenvolver ações junto aos diferentes setores da sociedade, objetivando ampliar a integração com a universidade.
Contribuir para o processo de consolidação da cidadania brasileira, mediante a formulação de propostas pertinentes a melhor percepção e exercício dos deveres e direitos do cidadão.
Estimular propostas, projetos e ações que visem maior participação da sociedade no campo da cultura, da arte, da ciência e da tecnologia.
Desenvolver parcerias com instituições públicas e privadas, nacionais e internacionais, objetivando a operacionalização de programas e projetos voltados à produção do conhecimento científico, tecnológico, cultural e artístico.

Política Social

A política social consiste em promover a integração da Comunidade Universitária tratando as questões referentes aos estudantes, servidores técnico-administrativos e aos docentes, de forma conjunta. No espaço da universidade, que reflete a sociedade como um todo, convivem os três segmentos que a compõem com as diferenças inerentes a cada um deles e, acima de tudo, individualidades dentro de um mesmo projeto de educação. A política social e de assistência na UFG busca o desenvolvimento de ações conjuntas com os segmentos que a compõem permitindo o enfrentamento das fragilidades detectadas, defendendo e estando alerta quanto aos direitos de cidadania e dignidade.
Os direitos do cidadão devem ser assegurados por uma administração democrática e participativa, inserida nos princípios e diretrizes da UFG. A oferta de serviços e a assistÊncia são exercícios cotidianos de construção da cidadania plena.
A filosofia e as diretrizes que norteiam a assistência na UFG são entendidas como instrumentos facilitadores para a viabilização da política educacional, com interfaces com o ensino, a pesquisa e a extensão. A universidade, no desempenho do seu papel de geradora e disseminadora de conhecimento, está comprometida com os avanços sociais a serem alcançados pela sociedade e, portanto, coloca a assistência prestada como espaço de educação e de construção da cidadania.

 

Meta 1
Implementação da Política Social na UFG.

Objetivos

  1. Discutir as questões de assistência envolvendo toda a comunidade universitária.
  2. Desenvolver e incentivar ações de caráter sócio-educativas e de preservação do meio ambiente.
  3. Desenvolver projetos voltados par a minimização das desigualdades sociais e de reinserção social.

Estratégias

  1. Fazer gestões aos órgãos complementares visando a alocação de recursos para os programas sociais.
  2. Viabilizar projetos em parceria com agências de fomento para o financiamento da ações da política social.
  3. Implementar projetos que oportunizem o treinamento prático, o aperfeiçoamento técnico-cultural, científico e de relacionamento humano, estabelecendo parcerias.
  4. Buscar financiamento de projetos sociais junto aos diversos órgãos governamentais.
  5. Buscar formas alternativas de financiamento dos programas e projetos de assistência.

Meta 2
Implementação de um Programa Permanente de Saúde para os servidores da UFG.

Objetivos

  1. Reivindicar junto aos órgãos competentes fomento para o plano de assistência médica aos servidores.
  2. Fortalecer as ações voltadas para a manutenção da saúde e a prevenção da doença.

Estratégias

  1. Dar continuidade às negociações para implantação de um sistema de atendimento à saúde, destinado aos trabalhadores da UFG, vinculado a um protocolo de atendimento em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde.
  2. Criar o "Quiosque da Saúde" para a promoção à saúde e prevenção primária às doenças.
  3. Implementar estudos para a construção de uma ala específica, no H.C. par atendimento a comunidade universitária.
  4. Ampliar o controle efetivo da saúde ocupacional (biossegurança).
  5. Reafirmar unto ao MEC, através da ANDEFES, com o apoio do CRUB, UNE, ANDES, FASUBRA e SENCE, a necessidade de financiamento dos programas sociais.
    Retomar o estudo de viabilidade de assistência à saúde aos servidores docente técnicos-administrativos da UFG.
  6. Reforçar e ampliar o Programa de Prevenção e Tratamento do Alcoolismo e de outras Dependências Químicas e Recuperação da Saúde Mental.
  7. Fortalecer o serviço de Engenharia, Segurança e Medicina do Trabalho (SESMT/UFG).
  8. Levantar, junto aos membros da comunidade universitária o acesso aos equipamentos sociais.
  9. Buscar parcerias que permitam a viabilização da assistência médica aos servidores.

Meta 3
Organização e implementação de atividades voltadas para os servidores aposentados.

Objetivos

Preparar e integrar os servidores em suas diferentes fases da vida produtiva.

Estratégias

  1. Implementar atividades específicas voltadas para a idade madura, preparando e integrando os servidores em suas diferentes fase da vida produtiva.
  2. Criar um espaço de produção na UFG, para os servidores aposentados, como uma forma de aprendizagem de técnicas de trabalho artesanal, técnicas de comercialização e controle de qualidade.
  3. Implementar ações do Programa de Assistência às Necessidade da Idade Madura - PRANIM, incentivando práticas de preservação do meio ambiente.
  4. Criar um centro transformador de materiais recicláveis na UFG, em parceria com as diversas unidades/órgãos da instituição e agências de fomento, envolvendo os servidores aposentados da universidade, estabelecendo parcerias.

Meta 4
Ampliação do papel do RU's como espaços interdisciplinares para o desenvolvimento de projetos de ensino, pesquisa e extensão.

Objetivos

  1. Promover a integração do Programa de Alimentação nos diversos espaços acadêmicos, com o desenvolvimento de pesquisa e ações educativas.
  2. Ampliar o processo de melhoria da alimentação para a comunidade acadêmica.

Estratégias

  1. Fazer pesquisa do estado nutricional dos moradores das casas de estudantes.
  2. Buscar fomento e parcerias para a manutenção dos RU's.
  3. Integração dos cursos da área de alimentos.

Meta 5
Implementação do Programa de Melhoria da Moradia dos Estudantes e Servidores da UFG.

Objetivos

  1. Apoiar os Programas de Melhoria da Moradia dos Estudantes e Servidores da UFG.
  2. Ampliar os Programas de Bolsas Moradia.
  3. Melhorar os espaços de moradia.

Estratégias

  1. Buscar subsídios financeiros para implantar o Programa de Bolsa Moradia destinada a estudantes de baixa renda, não contemplados com vagas nas CEU's, tendo como contra partida o desempenho acadêmico e a prestação de serviço na Instituição.
  2. Buscar recursos para implantar o Programa de BOlsa Permanência - suporte financeiro a estudantes com dificuldades financeiras, tendo como contra partida a prestação de serviço na Instituição.
  3. Fazer gestões junto aos órgãos competentes com vistas à ampliação do Programa de Bolsa de Estágio.
  4. Buscar em parceria com a UEE e o DCE, recursos para a reforma e ampliação da CEU I e construção da CEU V, no Campus Samambaia.
  5. Garantir a renovação do Contrato, em Comodato da CEU IV, existente entre a UFG e a EMCIDEC.
  6. Normalizar as CEU's, através da elaboração do Estatuto, assim como definir as condições de acesso nas casas sob a responsabilidade da UFG.

Meta 6
Implementação de Programas de apoio cultural, de política desportiva, de lazer e de desenvolvimento pedagógico.

Objetivos

  1. Estimular e viabilizar participações em programas e atividades da UFG que integrem a comunidade acadêmica.
  2. Equalizar oportunidades para alunos e trabalhadores.
  3. Possibilitar a integração da comunidade universitária mediante programas e projetos que oportunizem o exercício da cidadania.

Estratégias

  1. Criar condições que permitam a ampliação de oportunidades de capacitação acadêmica, artística e desportiva do estudante.
  2. Fortalecer e ampliar o Projeto de Escolarização dos Trabalhadores na UFG em parceria com o DDRH.
  3. Implantar Programa de Desenvolvimento Profissional - proporcionar aprendizagem no âmbito técnico, social e cultural e de incorporação de hábitos de trabalho em empreendimentos ou projetos (DDRH).
  4. Apoio às iniciativas estudantis quanto a realização de eventos culturais e de formação profissional.
  5. Promover e incentivar ao desporto universitário.
  6. Desenvolver atividade esportivas, de lazer e culturais para a comunidade universitária.
  7. Elaborar projeto para criação de espaço de lazer para a comunidade universitária utilizando a área doada por Furnas em Caldas Novas.
  8. Implantar o Projeto "Qualidade de Vida - uma proposta de trabalho interdisciplinar com a comunidade universitária".
Liste tous Voltar